China: novo ano lunar

Na próxima semana, acontece novamente: A China vai festejar. A nação celebra o novo ano. Milhões fazem uma peregrinação...

Senhoras e senhores,

na próxima semana, acontece novamente: A China vai festejar. A nação celebra o novo ano. Milhões de pessoas fazem uma peregrinação para verem as suas famílias na sua região natal. Viajar no país é um jogo de paciência, tendo em consideração a procura rapidamente crescente por um lugar. As instituições públicas e privadas permanecem fechadas. As fábricas e autoridades aduaneiras concedem também a si mesmas uma pausa.

2016 é do signo do macaco. Um animal atrevido com exuberância e ritmo - assim o diz o horóscopo chinês. Isto reflete-se já nesta semana nas cargas aéreas da China. Enquanto a carga marítima, com a exceção dos valores atípicos, não é, em grande parte, impressionante, a procura pelo céu ultrapassou consideravelmente a capacidade. As companhias aéreas cancelam os voos com o início dos feriados. São de esperar dificuldades e atrasos. A carga marítima irá aperceber-se disto dentro de algumas semanas quando faltarem «blank sailings» vindos da China para a exportação de lá para cá.